Cavalo desmaia na rua ao puxar carroça lotada de turistas no calor

           

As imagens do vídeo comovente mostram o momento em que um cavalo desmaia na rua depois de ser forçado a puxar uma carroça cheia de turistas em um calor escaldante.

A filmagem foi compartilhada pela ativista dos direitos animais Julie Marie Cappiello, no vídeo são vistos duas pessoas trabalhando para libertar o cavalo do equipamento a que ele esta preso, cordas e arreios usados para puxar o vagão, enquanto ele permanece no chão após seu desmaio em Charleston, Carolina do Sul (EUA).

O relatório oficial descreve que o animal “tropeçou e caiu” no asfalto.

O cavalo em questão, chamado Big John, foi mais tarde recolhido da rua, colocado em pé novamente e depois se recuperou.

Os funcionários da Charleston Carriage, que exploram Big John, insistem que cuidam muito bem de seus animais e que sua saúde é regularmente monitorada.

Mas a testemunha Elizabeth Fort não aceitou a versão do relatório e pediu um exame imparcial do que aconteceu com Big John.

Uma mulher que narra o vídeo pode ser ouvida dizendo “Crianças na carruagem”.

O cavalo caiu.

“Ele não deveria estar trabalhando. Inacreditável”.

As pessoas que trabalham para desamarrar o cavalo quase foram atropeladas por um carro passando, com alguém que ouviu dizer: “Danem-se todos” em resposta.

Trabalhadores do Corpo de Bombeiros de Charleston podem ser vistos chegando ao local, com a mulher que esta filmando pedindo aos presentes que parem de acariciar o cavalo e deixem-no em paz.

O clipe termina com o cavalo ainda deitado na rua. As temperaturas na cidade ficaram em torno de 30C neste verão.

O vídeo de Cappiello foi compartilhado 62 mil vezes, com milhares de comentários em que pessoas acusavam os donos da empresa de passeios e as pessoas que estavam na carruagem e que participaram e colaboram para este tipo de crueldade.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo