Gatinho baleado com espingarda precisa de ajuda para cirurgia

           
Reprodução

O gatinho Negão tem aproximadamente quatro anos de vida e foi vítima de maus-tratos em Praia do Meio, em Natal, no Rio Grande do Norte. Ele foi encontrado ferido após ter sido atingido por um tiro de espingarda. O projétil se alojou na coluna do animal e o deixou paraplégico.

Negão é tutelado por uma família humilde e sua tutora, Acidália Bastos, faz todo possível para cuidar do gatinho. Ela o levou para receber atendimento veterinário emergencial e gastou cerca de R$ 400 em exames com exames e cuidados iniciais, mas, infelizmente, não possui recursos para custear a cirurgia para a remoção do projétil, que ficou orçada em R$ 1.200.

A tutora de Negão tem gastos diários com fraldas e óleos cicatrizantes, mas faz um apelo por ajuda para que o gatinho seja operado. Em uma entrevista ao jornal OP9 (veja abaixo), Acidália se emociona ao falar sobre Negão.

Para quem puder ajudar, Acidália disponibilizou uma conta para depósitos:

Banco do Brasil
Agência – 2623-9
Conta Corrente – 28977-9
Titular: MARCOS R. FRANCISCO

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo