Game of Thrones: popularização de cães da raça husky siberiano preocupa ONGs

           
Série Game of Thrones | Foto: huffpostbrasil
Série Game of Thrones | Foto: huffpostbrasil

Deslumbradas pelos poderosos e fieis lobos da série, fãs tem trazido para a sua companhia cães da raça husky siberiano e são mais fáceis de encontrar e tem características na aparência semelhantes aos lobos, mas são cães que requerem cuidados, responsabilidade e amor como qualquer outro animal.

Em Game of Thrones, os lobos são interpretados por cães da raça inuit do norte (um cruzamento relacionado a huskys siberianos e pastores alemães que foi criado seletivamente para se assemelhar aos lobos) e um lobo do ártico.

Os animais na verdade não possuem aquela dimensão toda mostrada na série, eles são filmados em telas verdes, duplicados em dois tamanhos para replicar a imensa estatura dos lobos e colocados via computação gráfica nas cenas da série, onde os personagens lobos terríveis servem ferozmente como companheiros leais e protetores da família protagonista, os Stark.

Foto: petcratesdirect
Foto: petcratesdirect

Não é uma surpresa que as pessoas possam querer animais como os da série – ou algo parecido com eles, mostrados como guardiães, protetores e exemplo de fidelidade e amor incondicional os animais despertam necessidades que os seres humanos muitas vezes não encontram em seus pares.

E qualquer cão é realmente capaz de todos esses sentimentos além dos laços e dos momentos de amor e troca incomparáveis que esses seres especiais podem proporcionar aos humanos. Porém esses animais requerem também responsabilidade, cuidados e proteção.

Os huskys são uma raça que particularmente requer cuidados especiais e dedicação. Eles têm uma necessidade inata de correr – muito. Os cães não são particularmente dóceis. E quando não recebem pelo menos duas horas de exercício diário de que precisam, podem ser muito destrutivos.

Mas as pessoas infelizmente preferem comprar a adotar, tratando os animais como mercadoria, e pior ainda, sem entender a responsabilidade de ter um companheiro canino, que muitas vezes resulta em um choque de estilo de vida: o husky fica frustrado com a falta de exercícios e estímulos adequados, e o tutor não entende porque o cachorro está agindo daquela forma. Como resultado, muitos huskys estão acabando abandonados pelas ruas e em abrigos.

Foto: petcratesdirect
Foto: petcratesdirect

De fato, uma pesquisa no Facebook por “cachorrinhos husky à venda” mostra dezenas de grupos do Facebook nos Estados Unidos e no exterior, de pessoas postando filhotes de cachorro husky à venda e querendo comprar huskys também.

Um grupo de Michigan (EUA), por exemplo, tem postagens que aparecem de poucos em poucos dias, exatamente como neste recente exemplo: “Seis filhotes prontos para retirada, por 500 dólares”.

As pessoas que ganham um cão por causa de sua aparência ou beleza não percebem em que estão se metendo”, diz Barbara Swanda, vice-presidente de uma ONG de resgate de husky siberiano de Delaware Valley, uma organização sem fins lucrativos que resgata huskys em vários estados do meio-Atlântico. “É uma receita para o desastre.”

“A consequência é que eles estão sendo abandonados e despejados nos resgates”, diz ela.

Aumento na taxa de abandono

Grupos de resgate de huskys siberianos dos EUA e do Reino Unido observam um aumento significativo no número de cães da raça abandonados que precisam de casas desde 2011, quando Game of Thrones estreou.

“Se eles têm algum tipo de identificação quando entram, eles geralmente vêm com os nomes de lobos da série [Game of Thrones]”, diz Swanda, referindo-se aos nomes dos personagens lobos medonhos no show: Ghost, Nymeria, Summer , Shaggydog, Grey Wind e Lady.

Em 2009, quando Angelique Miller se juntou à NorSled, um grupo de resgate localizado no norte da Califórnia, ela disse que a equipe era capaz de acompanhar o número de huskys mantidos nos abrigos locais. Mas desde que Game of Thrones começou a ser exibida em 2011, o número de huskys que entraram no abrigo de NorSled dobrou.

E isso não inclui os inúmeros telefonemas e e-mails que ela recebe todos os dias das pessoas que querem devolver seus huskys. “Não podemos nem mesmo começar a acompanhar a demanda”, diz ela. “A situação está fora de controle.”

É uma tendência que se repete nos resgates de husky em todo o país e no exterior. O maior grupo de resgate de cães do Reino Unido, o Dogs Trust, diz que entre 2010 e 2018, o número de huskys que chegaram aos seus cuidados aumentou em 420%. Em um comunicado de imprensa, o grupo atribui a dramática ascensão à popularidade de Game of Thrones.

Efeito midiático

Dan O’Neill, veterinário e professor sênior em epidemiologia de animais de companhia no Royal Veterinary College em Londres e fã da série quando questionado sobre o fenômeno causado pelo aumento na demanda de “cães lobo”, se diz preocupado com o destino desses animais.

O especialista se pergunta o que vai acontecer com todos esses huskys quando Game of Thrones acabar no final deste mês. “O valor da novidade desaparecerá”, diz ele. Aqueles criadores que estão se tornando rapidamente lucrativos podem ver uma redução na demanda. “E então você tem a questão do que acontece com todos esses cães?”

thrillist
Foto: thrillist

“Quando você traz um cachorro para sa vida por causa do que vê na televisão, você está tratando o cão como um acessório. Você esta querendo a imagem que carrega em sua mente.”

Na realidade, ele diz, “eles são seres vivos e conscientes que podem ser um membro maravilhoso da família”, mas é preciso responsabilidade e acima de tudo dedicação e amor.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com