Gatinho se torna a grande atração do filme Capitã Marvel que estreia dia 7

           
Divulgação

Por essa ninguém esperava! Tantos heróis mundialmente famosos e quem rouba as cenas em “Capitã Marvel“ é um pequeno felino de nome Goose. Embora todos os filmes da Marvel tenham colecionado incríveis sucessos de bilheteria e crítica, ninguém poderia imaginar que um gatinho seria a “sensação” do filme mais recente da série, com estreia prevista para a segunda semana de março em todo o planeta.

Divulgação

Prova disso é que uma campanha da Disney e que propunha doar R$ 1 (um real) ao Instituto de proteção animal Luisa Mell a cada foto de gatinho postada nas redes sociais com a hashtag #GooseOGato, terminou em apenas um dia ultrapassando o limite estipulado em 50 mil postagens.

Goose é companheiro da protagonista Carol Denvers, interpretada pela atriz Brie Larson e, dado o sucesso do gatinho, no dia 20 de fevereiro, pouco antes da estreia mundial, a Marvel fez um vídeo para homenageá-lo que já tem mais de 230 mil visualizações reunindo diversas aparições dele no filme:

Na história em quadrinhos Goose se chama Chewie e é um alienígena da espécie Flerken com poder de se teletransportar por diversas dimensões e inteligente o bastante para entender a linguagem humana. Além disso, na história original, ele pode soltar grandes tentáculos como os de um polvo para se defender. Mas na versão cinematográfica não se sabe se Goose terá características idênticas ao gatinho dos quadrinhos.

Divulgação

Nas cenas finais do segundo trailer oficial do filme, Goose aparece sendo acariciado por Nick Fury (Samuel Jackson) e foi justamente essa cena que encantou amantes de gatos do mundo inteiro:

Goose é interpretado por quatro gatos amarelos, mas há trechos feitos com computação gráfica evitando que os gatinhos sejam submetidos a cenas violentas. Brie Larson confessou que as cenas com os felinos foram as mais difíceis porque ela é alérgica a gatos, precisou tomar remédios nas gravações e se esforçar para não espirrar em vários momentos. Resta esperar para ver o astro felino conquistar ainda mais corações e concorrer (quem sabe?) ao próximo Oscar.

Divulgação

*Fátima ChuEcco é jornalista ambientalista e atuante na causa animal

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo