Gatinha obesa rejeitada quatro vezes encontra uma família de verdade

           
A gata Mitzi tem nove anos e já pesou 7,7 quilos© Woodside Sanctuary

Mitzi é talvez a gata mais gorda da Grã-Bretanha e parecia que ninguém a queria. Foi devolvida quatro vezes a um canil e só agora arranjou uma família que gosta dela mesmo rechonchuda.

Quando chegou ao Woodside Sanctuary em Plymouth, Devon, pesava 7,7 quilos, o que lhe valeu o apelido de “gata mais gorda do Reino Unido”. Mitzi foi levada quatro vezes da associação de resgate de animais e quatro vezes devolvida. Só agora parece ter encontrado uma casa definitiva.

De raça Tabby, que costuma ser de grande envergadura, Mitzi já perdeu algum peso e chegou aos 5,3 quilos. Foi agora adotada por familiares do antigo tutor, que morreu sem ter conseguido encontrar quem a acolhesse. “É uma gata tão doce”, garante Helen Lecointe, a responsável pela associação, que lamenta o destino da gata desde foi resgatada em 2017.

Os novos donos de Mitzi já tinham mostrado vontade de adotar quando o antigo dono morreu, mas não tiveram condições na altura para a levar para casa.

“Recebemos ofertas dos Estados Unidos, da Suécia e do Médio Oriente, mas estamos muito satisfeitos por termos encontrado um dono que já a conhece e a ama”, disse Helen Lecointe, que admitiu que “é muito invulgar um gato ser devolvido tantas vezes, mas infelizmente ela tem sido muito azarada”.

Ninguém sabe como a gata de nove anos se tornou tão grande, mas a equipa da organização que a acolheu pensa que terá sido alimentada de forma incorreta e em várias casas na zona onde vivia. “Não eram seus donos, mas acabavam a alimentá-la”, especulou a responsável pelo Woodside Sanctuary.

Fonte: Diário de notícias

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo