Cadela idosa sobrevive por duas semanas sozinha na neve

           

Uma cadela de dez anos, da raça são-bernardo, desapareceu por 17 dias na região selvagem de Minnesota, nos Estados Unidos, sem qualquer tipo de proteção para abrigá-la do inverno rigoroso característico do local.

cadela
Foto: Ruff Start Rescue

Old Lady foi uma entre os 400 cães resgatados de uma fazenda de cachorros local no início de janeiro pelo abrigo Ruff Start Rescue. Funcionários do abrigo a colocaram como disponível para adoção. Ela foi adotada, mas fugiu assim que chegou em sua nova casa.

“O novo tutor pegou Old Lady a levou para sua casa”, disse Azure Davis, fundadora do Ruff Start Rescue, ao The Dodo. “Assim que o tutor a tirou do carro em sua coleira, a cadela ficou assustada com o barulho do gelo e fugiu pela estrada gélida.”

Davis trabalhou com The Retrievers, uma equipe de voluntários que ajuda a encontrar cães perdidos, para trazer Old Lady para casa. Enquanto as equipes de busca voltavam de mãos vazias, algumas aparições possíveis encorajavam a equipe a continuar procurando. Até que a temperatura caiu para -10°F.

cadela encontrada
Foto: Ruff Start Rescue

Então, na segunda-feira (21), um homem e seus dois netos avistaram a cadela presa na floresta. A coleira que a Old Lady estivera arrastando havia mais de duas semanas ficou presa entre os galhos, o que fez com que ela fosse encontrada.

Davis e sua parceira Julie Lessard aproximaram-se de Old Lady com cautela e conseguiram colocar uma coleira no pescoço da cadela trêmula antes de tirá-la da árvore. Eles não acreditavam que a busca finalmente terminara.

cadela adotada
Foto: Ruff Start Rescue

“Assim que a colocamos no carro e fechamos a porta, consegui respirar”, disse Davis. “Tinha acabado. Ela estava segura. Foi uma sensação de alívio – estávamos rindo, chorando, nos abraçando. Foi um milagre.”

“Uma das mulheres que ajudou a procurar por Old Lady realmente se apaixonou por ela quando viu sua foto”, disse Davis. “Ela tem experiência com a raça são-bernardo e também com cães tímidos e retraídos, então foi uma combinação perfeita.”

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo