Fumo passivo: animais podem ter doenças pulmonares e cardiovasculares

           

Animais tutelados por fumantes e que inalam fumaça são os mais propensos a desenvolverem doenças cardiovasculares e pulmonares, entre outros problemas. De acordo com um estudo realizado pela Universidade de Glasgow, na Escócia, que acompanhou a saúde de gatos e cães expostos aos efeitos do fumo, tal exposição impacta negativamente os animais.

(Foto: Divulgação)

“Nossos resultados mostram que a exposição ao fumo na residência tem um impacto direto nos animais. Ele corre o risco de desenvolver danos celulares, aumentar o ganho de peso após a castração e já foi previamente revelado que aumenta o risco de certos tipos de câncer”, revelou a professora Clare Knottenbelt, especialista em medicina e oncologia animal.

A médica veterinária Tatiana Braganholo explica que o animal exposto ao fumo pode apresentar desde sintomas mais leves, como alergias, até problemas graves de intoxicação. Em caso de ingestão de bituca ou cinzas do cigarro por parte dos animais, a situação é ainda pior. A profissional indicou, em entrevista dada ao E+ e divulgada pelo portal Terra, atenção redobrada nos passeios, para evitar que os animais ingiram resíduos durante distração do tutor, e cuidado no descarte de bitucas e cinzas.

“O risco pra saúde deles é até maior do que os riscos que os seres humanos sofrem”, disse Tatiana sobre as consequências do fumo passivo. A veterinária defende que campanhas contra o tabagismo para humanos sejam também direcionadas aos animais para que os tutores sejam conscientizados.

Para prevenir as doenças causadas nos animais pelo fumo passivo – sendo o câncer de pulmão uma das mais graves -, Tatiana indica: “a primeira coisa e a mais importante é obviamente parar de fumar. Se não conseguir de jeito nenhum, o ideal é diminuir o consumo e evitar fumar próximo ao animal”. Balançar as roupas antes de entrar em casa e lavar as mãos após fumar também são medidas indicadas pela profissional para evitar o contato entre as cinzas e os animais.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo