Parque Nacional da Colômbia é declarado patrimônio mundial pela Unesco

           

O Parque Nacional Serrania del Chiribiquete, na Colômbia, foi declarado patrimônio mundial pela Unesco, no último domingo (1). O local também tornou-se o maior parque nacional de floresta tropical do mundo, após décadas de esforços de especialistas em conservação.

O Parque Nacional é lar de milhares de espécies da fauna e flora.
O Parque Nacional é lar de milhares de espécies da fauna e flora. Foto: Cesar David Martinez

O parque, que abriga cerca de 3.000 espécies de animais e plantas, teve sua área ampliada em mais de 50%, e atualmente ocupa uma área equivalente ao tamanho da Irlanda do Norte.

Suas florestas abrigam diversas espécies raras, incluindo onças-pintadas, peixes-bois e o macaco-barrigudo, criticamente ameaçado de extinção.

A localização remota de Chiribiquete, somado aos anos de conflito armado na região, fizeram com que estudos sobre a fauna e a flora local fosse quase impossível. Porém, a gerência do parque acredita que ele abrigue pelo menos 300 variedades de pássaros e outras 300 espécies de borboletas.

A biodiversidade da região é resultado de sua localização única. O parque está em um ponto onde quatro regiões geográficas distintas se encontram: a Amazônia, a Cordilheira dos Andes, o Rio Orinoco e as Guianas.

A declaração do parque como um patrimônio mundial pela Unesco ocorreu em reconhecimento ao seu “valor universal excepcional”, tanto para a natureza quanto para a sociedade.

“Este é um marco muito importante para a Amazônia e para a conservação florestal em escala global. É também um momento decisivo para a proteção dos principais ecossistemas da Colômbia ”, disse Mary Lou Higgins, diretora do WWF Colômbia, que apoiou os esforços para expandir o parque.

“Chiribiquete é muito especial por seu valor biológico, cultural, hidrológico e arqueológico, mantendo arte rupestre e registros visuais de extraordinária magnitude. É também de vital importância para os grupos indígenas, alguns dos quais permanecem isolados até hoje ”, comentou Higgins.

As florestas da Colômbia estão ameaçadas principalmente pelo desmatamento em virtude da expansão agrícola.

O aumento da área do parque cobre regiões que possuem algumas das maiores taxas de desmatamento do país. Dessa forma, grupos ambientalistas esperam que isso evite que a madeira e o tráfico de culturas se expandam.

Originalmente declarado uma área protegida em 1989, quando cobria 1,3 milhão de hectares, o parque foi expandido para quase 2,8 milhões de hectares em 2013.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, celebrou a classificação de Chiribiquete como patrimônio, e declarou esta como “uma ótima notícia para a Colômbia”, segundo a Colombia Reports.

Para comemorar a decisão e formalizar a ampliação do parque, o presidente anunciou sua intenção de visitar o local no dia 9 de julho. Além disso, ele prometeu aumentar o orçamento de conservação do país em US $ 525 milhões (R$ 2 bilhões) para “proteger e defender o meio ambiente”.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com