Baleias são envenenadas por plástico no Mediterrâneo

           

Durante a primeira Conferência dos Oceanos da ONU, em Nova York (EUA), a organização garantiu ter novas provas de contaminação com plástico em baleias no mar Mediterrâneo e diz que é uma tendência “em todos os mares do globo”.

Baleias nadam no oceano
Foto: Reprodução, BBC

A WWF analisou biopsias de quase 100 mamíferos marinhos (de três espécies de baleias) que vivem na reserva marinha de Pelagos e concluiu que a extensão da poluição por plásticos vai além das fronteiras da reserva e atinge todo o Mediterrâneo. Pelagos é a maior área marinha protegida do Mediterrâneo, localizada entre a Itália, a França e a ilha da Sardenha.

“O Mar Mediterrâneo e os oceanos em geral são sufocados todos os dias por tintas, produtos cosméticos e sacos plásticos. A nossa sociedade produz toneladas de plástico com efeitos irreversíveis nos nossos oceanos. No Dia Mundial dos Oceanos, a WWF alerta os consumidores, a indústria, os governos e as cidades costeiras para que eliminem o uso de plástico e reciclem os seus resíduos”, ressaltou a organização no comunicado.

A associação espanhola Ambiente Europeu disse que a quantidade de pedaços de plástico a flutuar nos oceanos aumentou mais de cem vezes nos últimos 40 anos.

Cerca de sete milhões de toneladas de resíduos são despejados nos mares e oceanos todos os anos.

Em Nova Iork, 193 países participaram até a última sexta-feira (9) da primeira conferência mundial da ONU sobre oceanos, tendo Portugal, através da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, afirmado a disponibilidade para organizar a segunda conferência do evento, em 2020.

Portugal também se comprometeu a entregar na conferência 10 compromissos voluntários para a proteção dos oceanos, que vão desde a criação de mais áreas protegidas à redução da poluição no mar. O Dia Mundial dos Oceanos ocorre em 08 de Junho e foi criado pela ONU em 1992.

*Esta notícia foi escrita, originalmente, em português europeu e foi mantida em seus padrões linguísticos e ortográficos, em respeito a nossos leitores.

Fonte: DN

 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo