“Me sinto um ser humano mais verdadeiro”, diz atleta após transição para o veganismo

           
Divulgação

O esportista afirmou ter concretizado sua transação completa para o veganismo no último mês. Mullally conta que primeiro desistiu do consumo de carne vermelha em 2015 e um poucos depois disso aboliu todas as carnes e se declarou vegetariano. “Não demorou muito entre cada mudança, mas após me torna vegetariano me senti hipócrita”, disse o atleta. “Me senti um ser humano mais verdadeiro quando me tornei totalmente vegano”, afirma.

Atletas de várias partes do mundo estão desfrutando os benefícios de uma dieta vegana incluindo o boxeador David Haye e o ultramaratonista Scott Jurek.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo