ONG garante novos lares para animais idosos após falecimento de tutores

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Reprodução/OneGreenPlanet
Reprodução/OneGreenPlanet

Se você já visitou ou foi voluntário em um abrigo de cães, provavelmente se comoveu com o número de cães e gatos idosos que frequentemente são preteridos em favor de um animal mais novo.

Alguns destes animais ficam desabrigados devido a pessoas insensíveis e que os consideram objetos a serem descartados, reporta o One Green Planet.

Entretanto, há histórias de animais domésticos são acolhidos por abrigos porque perderam seus tutores idosos e suas casas. Como não há outro lugar para eles irem, estes animais enfrentam a dor da perda e permanecem confinados em um abrigo barulhento.

Pelo menos existe uma organização que se preocupa com eles. Sediada no Reino Unido, a Cinnamon Trust garante que os animais domésticos recebam cuidados quando seus tutores não são mais capazes de assumir esta tarefa.

A organização oferece uma série de serviços para idosos ou doentes terminais para assegurar que os animais domésticos não sofram.

Reprodução/jobertjamis23
Reprodução/jobertjamis23

São 15 mil voluntários dedicados que levam os cães para passear, cuidam dos animais enquanto os tutores recebem tratamento hospitalar e realizam uma série de outras funções vitais para pessoas e animais domésticos em necessidade.

Os animais cujos responsáveis não podem mais cuidar deles são levados para santuários onde recebem os cuidados de que necessitam.

Os santuários localizados em Devon e Cornwall, na Inglaterra, são ambientes onde os animais desfrutam da companhia de outros animais e do atendimento de profissionais treinados.

A Cinnamon Trust foi fundada há mais de 30 anos por Averil Jarvis e os tutores que sofreram uma perda de mobilidade ou são incapazes de cuidar adequadamente dos animais podem entrar em contato com o local para obter ajuda.

A organização se esforçará para permitir que idosos e doentes vivam ao lado de seus companheiros animais o máximo possível.

Esta estratégia mantém os animais – muitas vezes com pouca ou nenhuma chance de serem adotados – fora de abrigos e garante que eles sejam adotados por alguém que os conheceu e se familiarizou com eles antes.

Além disso, os tutores ficam aliviados ao saberem que os animais terão um novo lar.

A Cinnamon Trust ajuda mais de 32 mil pessoas e quase 42 mil animais a cada ano. Desde sua criação, forneceu assistência inestimável para 250 mil pessoas e 300 mil animais em diferentes condições.

Inevitavelmente, cães e gatos constituem a maior parte dos animais com que a instituição de caridade trabalha, mas há outros animais, incluindo aves, cavalos e até mesmo esquilos resgatados.

Nota da Redação: Animais idosos são tão vulneráveis quanto humanos em idade avançada, requerindo cuidados especiais e um lar seguro. Infelizmente, muitos ainda são abandonados quando já não oferecem a mesma vitalidade e beleza de um animal jovem, fazendo de iniciativas como esta um grande avanço pelos direitos animais. 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com