Ativista envia carta aberta após comentários especistas de Ricardo Boechat

           

boechat

O ativista Jota Caballero nos enviou uma carta aberta em repúdio aos comentário feito pelo jornalista Ricardo Boechat, âncora do jornal matinal da Band, que no programa de ontem (30), incentivou a morte indiscriminada de animais abandonados. Confira a carta na íntegra abaixo:

Olá Sr. Boechat!

Gostaria de deixar meu comentário, contra seu infeliz comentário, em um momento nada impróprio onde os animais conquistaram hoje, muitos direitos, que ainda considero pouco, perto da indiferença que sofrem.
Não se deve incentivar o extermínio de cães em uma rádio de alcance astronômico ou em rádio nenhuma, isso refletirá na banalização da espécie, pois estamos em um mundo em que a ignorância predomina, e a qual, a histeria coletiva faz parte, e o julgamento raso causa injustiças.

A única espécie que hoje merecia haver um controle rígido de natalidade seria a humana, pois assim, se manteria o equilíbrio de todas as espécies. Claro e notório, que o maior culpado dessa desproporção de diversas formas orgânicas no planeta, com certeza é do homem. 8 bilhões consumindo a tudo e a todos, inclusive a si mesmos, ou eu estou errado?

Sim, existe sim alternativa, antes de querer promover um banho de sangue e holocausto animal, a qual já existe, devemos promover o controle com total responsabilidade. Sabendo que poucos enxergaram a injustiça e a crueldade que promovemos, apenas para satisfazer nosso ego, nossa falsa supremacia.

O que precisamos:

Políticas públicas reais, como castração, proibição rigorosa de venda de animais, sujeito a cadeia, penas mais rígidas para o abandono, isso no caso dos cães e gatos. Imputar toda à culpa aos animais inocentes, vítimas da ganância humana, chega a ser de autoria cruel e completamente desproporcional à justiça, a qual, nós pessoas de bem tanto buscamos.
Boechat, por favor desfaça esse comentário, pois pode trazer um desastre a esses seres que são introduzidos de forma industrial em nosso meio.

Independente de tudo esses animais possuem sentimentos assim como os humanos, vamos respeitar essa igualdade.
Saída tem, então use sua voz para chegar no âmbito dos políticos e não no sangue derramado da garganta inocente dos animais.

Somos realistas porém, compassivos e justos.

 

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo