Vídeos mostram a luta de gorilas pela liberdade

           

Redação ANDA – Agência de Notícias dos Direitos Animais

Imagem: Reprodução/The Dodo
Imagem: Reprodução/The Dodo

Em abril de 2015, um vídeo se tornou viral nos EUA: as imagens mostravam Kijito, um dos gorilas aprisionados no Zoológico Henry Dooly Zoo, em Nebraska, correndo furiosamente em direção aos visitantes após ser provocado por uma criança. Em um gesto de revolta, ele fica de pé e golpeia a janela com os punhos, causando rachaduras no vidro – e, segundo matéria do The Dodo, ele não desistiu da luta pela liberdade.

O vídeo recebeu atenção em particular, mas muitos outros vieram depois. Desde o ano passado, mais de 120 vídeos publicados no Youtube mostram Kijito e seus companheiros gorilas atacando, esmurrando e se chocando contra os vidros de suas celas.

GIF: Reprodução/The Dodo
GIF: Reprodução/The Dodo

Um dos mais recentes mostra um homem à frente da janela, quando um dos gorilas se atira contra o vidro em um gesto claro de insatisfação.

GIF: Reprodução/The Dodo
GIF: Reprodução/The Dodo

Este outro vídeo mostra uma criança provocando o animal, que golpeia a janela como resposta.

E não são apenas os gorilas que sofrem com essa realidade – leões, baleias, elefantes e várias outras espécies são submetidas à humilhação dos zoológicos, onde vivem encarceradas e ainda têm de suportar as provocações e zombaria do público. Seus impulsos desesperados pela liberdade são motivo de riso e escárnio, em um verdadeiro espetáculo de sadismo disfarçado de entretenimento.

Acrescente a solidão, a falta de exercícios físicos e as condições climáticas drasticamente diferentes do habitat natural, e ficará fácil compreender o profundo sofrimento dos animais vítimas do cárcere.

A melhor forma de combater a exploração dos animais em zoológicos é boicotar e denunciar a prática das instituições que os aprisionam. Para saber mais sobre a proteção da vida selvagem, acesse o site da Born Free Foundation.

Confira os vídeos completos:

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo