Vídeo mostra homem fervendo cão vivo para consumo em uma festa na China

           

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

3252EDED00000578-3498394-image-a-3_1458295240709
Foto: Liveleak

Mesmo alguém que não seja extremamente sensível a causas relacionadas aos direitos animais suportaria ver essas cenas.

As imagens a seguir são horríveis e mostram um “fazendeiro” fervendo um cão vivo em preparação para ser consumido em uma festa de uma vila da China.

A pobre criatura se debate dentro de uma enorme caldeira de ferro que contém água fervendo.

O homem, que segura um bastão, força o cão a ficar imerso no líquido quente, em uma repugnante demonstração de crueldade e desumanidade.

Foto: Liveleak
Foto: Liveleak

Toda vez que o cão tenta desesperadamente fugir, o homem o puxa para baixo.

3252EDE400000578-3498394-image-a-4_1458295243820

3252EDD500000578-3498394-image-a-5_1458295246722
Foto: Liveleak

Segundo a reportagem do Daily Mail, “felizmente” o vídeo termina antes do final certeiro do cão – que é a morte, algo nada difícil de se imaginar.

Em muitos países do norte da Ásia, a carne de cães fervidos ou assados vivos é um prato muito apreciado.

As imagens causaram revolta nas redes sociais. “Isso me deixa louco, porque não posso fazer nada a respeito”, comentou um usuário.

Tentando negar a realidade, alguns leitores sugeriram que o homem estava de fato “dando um banho no cão”, enquanto outros até fizeram piadas a respeito.

De acordo com a reportagem, cerca de dez milhões de cães são mortos para consumo anualmente na China.

A maioria desses cães são animais tutelados que têm acesso à rua e foram capturados nas cidades, ou são roubados de seus tutores. Muitos deles, porém, são animais que viviam em situação de abandono, conforme uma investigação publicada no ano passado pela ONG Animals Asia baseada em Hong Kong.

Veja o vídeo (imagens fortes):

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo