Cabras são torturadas barbaramente em festival anual do Nepal

           

(da Redação)

Foto: Change.org
Cabras são afogadas e têm os corpos rasgados pelas pessoas com as mãos e os dentes, em uma longa tortura. Foto: Change.org

O inimaginavelmente bárbaro evento de sacrifício animal conhecido como Festival de Khokana é uma velha tradição de 900 anos que acontece todo mês de agosto, a apenas 13 quilômetros da agitada cidade nepalesa de Kathmandu.
As “celebrações” ocorrem durante dois dias em preparação para o dia final, quando uma inocente cabra de 6 a 8 meses de idade é submetida a prolongada tortura e morte lenta, com uma agonia que muitas vezes dura mais de quarenta minutos, para honrar a deusa da lagoa situada próximo ao templo Rudrayani. As informações são do Change.org.
A cerimônia hindu sacrificial de Khokana (tradicionalmente referida a “Deopokhari”), iniciou-se com a lenda de que os deuses dos tempos medievais afogavam as crianças da vila na lagoa da cidade. Os seguidores deste ritual hindu acreditam que matar uma cabra funciona como um tipo de sacrifício que irá apaziguar os deuses da lagoa.
No entanto, esta cerimônia envolve uma terrível experiência para a filhote de cabra, que muitas vezes desmaia de imensa dor e exaustão que lhes são impingidas.  O evento começa após nove homens da vila, geralmente jovens, serem escolhidos para competir pelo título de “herói”, que será dado a quem trouxer a “honorável fatalidade” sobre a pobre cabra.
Para se iniciar o ritual, a assustada cabra é jogada na lagoa. Conforme o animal se debate em luta pela vida em meio ao terrível caos das águas, os homens correm para batalhar por seu “título”, rasgando o corpo da cabra e arrancando os seus órgãos com as mãos e os dentes, afogando e sufocando o indefeso animal até que um dos homens afirme a sua vitória e o animal seja finalmente derrotado em uma morte agoniante.
O “herói” é então recompensado, liderando a dança celebratória “Shinkali” que se segue ao processo satânico.
Este é um dos muitos sacrifícios de animais praticados no Nepal, que leva milhares de animais a terem mortes terrivelmente sofridas.
A ONG Animal Recovery Mission (ARM) conduziu diversas investigações no país e está agora trabalhando junto ao Governo e às pessoas no sentido de coibir o uso de animais em suas tradições e cerimônias, e de introduzir leis de proteção animal. A organização também tenta engajar-se com os cidadãos do Nepal para que estes evoluam os seus costumes cerimoniais de modo a não se envolverem na tortura de animais.
Para ajudar na luta pelo fim destas hediondas formas de tortura, você pode apoiar a ARM em suas investigações e contatar os departamentos e agências do Nepal para expressar as suas preocupações.
Quanto mais cartas e e-mails forem enviados, maior será o suporte ao trabalho da  ARM e de muitas outras organizações que lutam pelos direitos animais.
Assine a petição demandando às autoridades do Nepal que proíbam esses monstruosos abusos.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com