No AP, espécie rara de gavião é resgatada pelo Batalhão Ambiental

Gavião-real foi capturado em Laranjal do Jari, no Amapá (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)
Gavião-real foi capturado em Laranjal do Jari, no Amapá (Foto: Divulgação/Batalhão Ambiental)

Uma espécie de gavião-real foi resgatada por uma equipe do Batalhão de Polícia Ambiental na noite de segunda-feira (10) em Laranjal do Jari, a 265 quilômetros de Macapá. O animal estava na casa de um morador da região que passou a cuidar da ave após recolhê-la com um corte em uma das asas à margem da estrada, segundo a polícia. A suspeita é que ela tenha se chocado com a rede elétrica.
O Batalhão Ambiental informou que a espécie de gavião encontrada no Sul do Amapá é rara no país e encontra-se na lista de animas em extinção. A ave resgatada está na fase adulta e mede cerca de um metro de envergadura.
De acordo com a sargento Fernanda Silva, o gavião-real foi levado para a sede do Batalhão Ambiental, onde recebe cuidados específicos. Ele será encaminhado ainda na manhã desta terça-feira (11) ao Centro de Tratamento de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto de Meio Ambiente (Ibama), na Zona Norte de Macapá.
O gavião permaneceu cerca de dez dias na casa do morador em Laranjal do Jari. A polícia conseguiu descobrir o caso após o recebimento de um chamado do município.
“A gente pede que ao encontrar um animal silvestre as pessoas liguem para o Batalhão Ambiental ou para algum órgão especializado para que a espécie receba o quanto antes os atendimentos”, comentou a sargento.
Fonte: G1

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com