Cão ganha no voto o direito de morar em escola

coluna-dos-bichos-horizonte-ms
Uma escola do interior de SP acolheu carinhosamente um cãozinho. Já imaginou um plebiscito para decidir o futuro de um cachorro? Isso aconteceu em Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo. E funcionou. O exercício de democracia foi feito em uma escola pública da cidade. O cachorro ganhou o direito de morar na escola, onde é muito querido por todos. A reportagem é de Giuliano Tamura.
Além dos 800 alunos da escola, quem costuma frequentar as aulas é um SRD chamado Preto. Ele tem trânsito livre pela escola inteira, com direito a assistir às aulas. Uma das matérias preferidas dele é matemática. O cão tem até uniforme e se dá bem com todo mundo. Mas nem sempre foi assim. O animal precisou conquistar a confiança da garotada, e hoje exige atenção.
A polêmica sobre a permanência do cachorro na escola foi tão grande que a diretoria resolveu fazer um plebiscito. E, no voto direto, Preto mostrou que tem eleitorado. Recebeu 570 votos a favor e só 20 contra. O cachorro trouxe um diferencial para a escola. Ele não se separa dos alunos nem na hora do ensaio de dança no auditório.
Preto é alimentado todos os dias antes das aulas. Mas os cuidados com o mascote não param por aí. Ele vai ao veterinário, toma banho, etc. Se algum aluno corre no pátio ou tenta fugir da escola, o cãozinho alerta os professores.
Fonte: Horizonte MS

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com