Cidade espanhola proíbe uso de pôneis em carrosséis graças a petição online

           

(da Redação)

Foto: Care2
Foto: Care2

No ano passado, a ANDA publicou uma reportagem sobre a exploração de pôneis em carrosséis em parques de diversão da Espanha.

Algemados a um carrossel por todo o dia e forçados a andar sem parar em círculos monótonos, a estes pobres pôneis é negado o acesso a água e comida, e eles são expostos continuamente a luzes brilhantes e músicas em alto volume.

Foto: Care2
Foto: Care2

Em imagens capturadas por membros do público, pôneis explorados nesses carrosséis são vistos deitados imóveis no chão, severamente exaustos, desidratados e algumas vezes mortos. As informações são da Care2.

Uma petição com 65.000 assinaturas

Foi lançada uma petição pela Care2 no início desse ano, que obteve mais de 65 mil assinaturas de pessoas de todo o mundo.

Após angariar esse significativo apoio, a petição chamou a atenção do ativista de direitos animais de longa data Michael Owens, que testemunhou essa crueldade em primeira mão próximo à sua cidade, em Mijas, na Espanha.

Owens, que trabalhou anteriormente para a Born Free Foundation, esteve fazendo campanhas na Câmara Municipal de sua cidade por mais de 20 anos pela proibição de circos, de carrosséis de pôneis e taxis utilizando burros (“donkey taxis”), e desejou apresentar esta petição a pessoas que tinham o poder para colocar um fim à exploração de pôneis vivos em carrosséis de uma vez por todas.

Pôneis em carrosséis já haviam sido proibidos em diversas partes da Espanha, e Mijas era uma das poucas comunidades remanescentes a ainda permitir a continuidade dessa tradição.

Os ativistas encaminharam a petição para o prefeito de Mijas, Angel Nozas, e entraram em contato com ele para explicar o que as pessoas de todo o mundo esperavam dele naquele momento.

Acreditando que essa petição daria ao prefeito o empurrão necessário para que  ele finalmente tomasse uma providência, os ativistas anexaram uma carta com um download das assinaturas, e Owens apresentou tudo isso à Câmara Municipal,  informando à imprensa para que fizesse a cobertura e assim ajudasse a fazer uma pressão adicional.

Depois de muita expectativa, foram divulgadas as notícias de que a cidade de Mijas decretou a total proibição do uso de pôneis em carrosséis, declarando que também não irão mais permitir que cavalos ou pôneis sejam usados em parques  de diversão.

Foto: Care2
Foto: Care2

Uma vitória a ser comemorada

Para confirmar a proibição oficial, o The Olive Press, um jornal inglês que é veiculado na Espanha, divulgou o fato após ter falado diretamente com autoridades do governo, no sentido de assegurar que essa prática antiética nunca mais aconteça novamente.

A Care2 finaliza a reportagem agradecendo a todos os que assinaram a petição. Graças a eles, os pôneis em Mijas não mais enfrentarão essa crueldade: “Falar contra a injustiça realmente faz a diferença. Nossas vozes coletivas são poderosas, e a união de nossos esforços mudou o destino dessas inocentes criaturas”.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo