Papagaio, ameaçado de extinção, é vendido livremente em rede social

           
Foto: Reprodução/ Facebook
Foto: Reprodução/ Facebook

Ameaçados de extinção, os papagaios estão sendo comercializados livremente nas redes sociais em Alagoas, conforme aponta uma denúncia recebida pelo Alagoas 24 Horas, na tarde desta quinta-feira, 31.

A agência de notícias constatou que a ave, provavelmente da espécie papagaio-de-peito-roxo, estava sendo vendida em um grupo de comércio social, como é chamada a negociação de produtos e serviços através das redes sociais.

Na publicação, o tutor não diz o valor do animal, mas alega que está disposto a vender ou trocar a ave. “Vendo ou Troco papagaio novo ainda pra vim buscar.(sic)”, diz anúncio no grupo do Facebook.

Em contato com o Batalhão de Policiamento Ambiental (BPA), a reportagem foi informada que os papagaios estão na lista oficial do Ibama de espécies ameaçadas de extinção e por conta disto, não podem ser comercializados.

Ainda conforme o BPA, caso o infrator seja flagrado comercializando aves de forma ilegal, ele será levado à Delegacia de Flagrantes para assinar um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e poderá ser multado em até R$ 5 mil.

A criação de papagaios em residências só é permitida com uma licença emitida pelo Ibama. Segundo a Lei Federal Lei 9.605/98, chamada Lei dos Crimes Ambientais, poderá ser punido com multa e detenção de seis meses a um anos, aquele que vende, expõe à venda, exporta ou adquire, guarda, tem em cativeiro ou depósito, espécimes da fauna silvestre, nativa ou em rota migratória, provenientes de criadouros não autorizados ou sem a devida permissão, licença ou autorização da autoridade competente.

O BPA afirma que as investigações acerca do comércio ilegal de animais silvestres são contínuas e que os casos de pessoas que fazem uso das redes sociais para praticar o crime também estão na mira da PM.

Fonte: Alagoas 24 horas

 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com