Startup cria aparelho que detecta problemas cardíacos em animais

           

startup

Em Florianópolis, capital de Santa Catarina, os empresários Gabriel Paim, Lucas Neves e Jonatas Pavei montaram uma startup que desenvolve equipamentos médicos e veterinários de alta tecnologia. O principal produto é um aparelho que faz eletrocardiograma em animais de estimação.

O equipamento, cuja fabricação é terceirizada, é portátil, custa R$ 4 mil e deve ser conectado a um notebook e a um simulador de sinais cardíacos. O aparelho já está no mercado e a expectativa é que as vendas cresçam nos próximos anos. Uma clínica de animais de estimação em São Paulo comprou o aparelho. O veterinário Luís Felipe dos Santos, especialista em cardiologia, afirma que o produto tem ajudado muito nos diagnósticos.

A startup recebe suporte de uma incubadora de Florianópolis, apoiada pelo Programa de Incentivo e Gestão de Negócios do Sebrae, para crescer no mercado. A incubadora apoia também outras 17 startups, sendo que 6 delas estão instaladas na própria incubadora, e as outras recebem suporte à distância.

CONTATOS:

SEBRAE

Central de Relacionamento: 0800-570-0800

www.sebrae.com.br

INPULSE (DESENVOLVEDORA DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS E VETERINÁRIOS)

Contato – Empresário: Gabriel Veloso Paim

Av. Desembargador Vitor Lima, 260, sala 908 – Trindade

Florianópolis/SC – CEP: 8040-900

Telefone: (48) 3721-8758

Site: www.inpulse.med.br

INCUBADORA MIDI TECNOLÓGICO (INCUBADORA DE EMPRESAS)

Contato – Coordenador: Gabriel Santos

Rua Patrício Farias, 131, sala 502 – Itacorubi

Florianópolis/SC – CEP: 88034-132

Telefone: (48) 4009-3223

Fonte: Portal AZ

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo