Sea World é votado como uma das empresas mais odiadas dos Estados Unidos

           

(da Redação)

sea1_med

Desde o lançamento do documentário “Blackfish” que ajudou no esclarecimento sobre o tratamento questionável de orcas no SeaWorld, as coisas só pioraram para o parque marinho. Além de enfrentar o declínio em sua frequência e a perda de dinheiro, a crescente reação do público proporcionou à companhia uma nova distinção pouco lisonjeira.

Em uma pesquisa recente, realizada todos os anos pelo site Consumerist, o SeaWorld foi eleito entre as empresas mais odiadas dos Estados Unidos, segundo informações do site The Dodo.

Dos 32 candidatos, para encontrar qual os consumidores acham que é o pior, o SeaWorld foi uma das quatro empresas finais mais odiadas. Como as notícias continuam a se espalhar sobre a série de conseqüências negativas de se manter orcas aprisionadas, o sentimento negativo em relação ao parque só tende a crescer.

SeaWorld e parques marinhos lucram mantendo orcas e outros animais em cativeiro – apesar de evidências de que o cativeiro não só induz a comportamentos não naturais e destrutivos nas baleias, mas também coloca seus treinadores em perigo.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo