Baleia encontrada encalhada em São Francisco do Sul (SC) será alvo de estudos

           
Foto:Luan Vosnhak/RICTV Record/ND
Foto:Luan Vosnhak/RICTV Record/ND

Uma baleia de quase 9 metros de comprimento foi encontrada encalhada na Praia do Mole, na Enseada, em São Francisco do Sul, na manhã desta segunda-feira (23). Por volta das 12 horas, o mamífero foi rebocado, na tentativa de devolvê-lo ao mar, mas já estava sem vida.

De acordo com biólogos da Univille, trata-se de uma baleia da espécie Bryde, que não é comum em águas catarinenses. Segundo os pesquisadores, o animal vive na Antártica e acredita-se que costuma se reproduzir na costa do Rio de Janeiro.

No início da tarde desta segunda (23), pesquisadores decidiram transportar o mamífero para o campus da Univille em São Francisco do Sul, onde o animal será submetido a uma biópsia, para tentar determinar a causa da morte da baleia, que ficará na universidade para a realização de outros estudos sobre a espécie. Segundo a Univille, a necropsia será feita por uma equipe de oito veterinários pós-graduandos do Laboratório de Patologia Comparada de Animais Silvestres da Universidade de São Paulo (USP) em parceria com o Projeto Toninhas, da Univille.

A equipe, que vai ficar em São Francisco do Sul (SC) durante toda esta semana, participa de uma força-tarefa criada para fazer a necropsia de 16 golfinhos e três lobos-marinhos que foram recolhidos nos últimos dois anos no litoral catarinense e estão congelados, num container. A força-tarefa foi articulada pela equipe do Projeto Toninhas, patrocinado pela Petrobras através da Petrobras Ambiental. As amostras coletadas vão ser usadas em vários estudos e projetos de pesquisa das duas universidades.

Fonte: Notícias do Dia

 

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo