Protetores de animais lutam por hospital público veterinário

           

Consultas, cirurgias, medicações, curativos e exames laboratoriais de qualidade e gratuito para os cães e gatos abandonados. É por esse motivo que foi criado o abaixo assinado que solicita construção de um hospital público veterinário na Região. A meta do grupo é conseguir 10 mil assinaturas para que o documento seja entregue ao presidente do Consórcio Intermunicipal e prefeito de São Bernardo, Luiz Marinho.

“Nossa Região tem uma grande demanda para o serviço e nas clínicas particulares tudo é caro. Só uma consulta varia entre R$ 70 a $ 100. Já uma pequena cirurgia custa até R$ 3,5 mil. No hospital veterinário seria tudo gratuito”, explicou um dos protetores e voluntários do Lar Amparo aos Animais de Diadema, Luiz Fernando ale. Até o momento, o abaixo- assinado reuniu 1,3 mil assinaturas.

Para a protetora Cleonice Bueno, o hospital veterinário no ABCD é um sonho para qualquer amante dos animais. “Hoje quando resgatamos animais machucados não temos para onde levá-los. Nas clínicas particulares é preciso pagar e nem sempre temos dinheiro”, comentou.

Já a protetora Telma de Cássia Pereira acredita que o equipamento contribuirá para a diminuição da população de animais abandonados. “Muitos deles são abandonados porque adoecem e os tutores não têm como cuidar”, avaliou.
Interessados em participar da petição devem entrar em contato com Vale pelo telefone (11) 9-7172-6248.

A ideia é que a verba para construir e equipar o hospital veterinário venha das sete prefeituras, via Consórcio Intermunicipal. Já para manter equipamento, Vale sugere que sejam usados recursos de emendas de deputados estaduais, federais e doações. “Nossa expectativa é criar algo para a Região igual ao hospital veterinário do Tatuapé”, destacou Vale.

O Hospital Público Veterinário do Tatuapé, na zona Leste da Capital, é o primeiro do País a atender os animais gratuitamente. A unidade, inaugurada em julho desse ano, foi totalmente custeada pela Prefeitura de São Paulo e é administrada pela Anclivepa- SP (Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de São Paulo).

O atendimento é exclusivo para tutores de animais inscritos nos programas sociais da Prefeitura (bolsa família, renda mínima, renda cidadã, entre outros), animais vindos de abrigos e ONGs.

O hospital oferece UTI (Unidade de Terapia Intensiva), internação para até 14 animais, veterinária 24 horas, cirurgias, odontologia e xames como hemogramas, bioquímicos e sorologias, eletrocardiograma, ultrassom e radiografias. Todos os dias é realizada a distribuição de 30 senhas para atendimento.

Com informações de Aciam.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo