Cão que foi abandonado por ser surdo aprende linguagem de sinais

           

Os primeiros meses de vida de Horus foram na rua em meio a usuários de drogas. Acabou sendo levado a um lugar onde padeceu muito antes de ser adotado. Sob o cuidado amoroso de sua tutora, Rosie Gibbs, o cão inteligente tem se destacado em aprender uma língua de sinais e agora sabe mais de 50 comandos.

Horus obedecendo aos comandos da tutora. (Foto: Divulgação)
Horus obedecendo aos comandos da tutora. (Foto: Divulgação)

Horus foi recolhido pela ONG “Dogs Trust”, na Escócia, quando ele tinha apenas alguns meses de idade. Ele foi adotado logo depois, mas seus “pais adotivos” o devolveram depois de um ano porque não podiam controlá-lo, por ser surdo. Então o cão passou outros 18 meses trancado em canis à espera de um novo lar. Felizmente, Rosie chegou e adotou Horus, que estava especificamente à procura de um cão surdo. Rosie é uma entusiasta em língua de sinais e queria mostrar que cães surdos podem aprender uma língua surda.

Ela levou Horus para casa e em duas semanas ele tinha aprendido 15 comandos. Ela diz: “Ninguém queria levá-lo por causa de seu comportamento. Ele costumava ficar agressivo quando estava entre cães e pessoas, mas depois que ensinamos alguns comandos, Horus começou a entender e passou a ser um animal brilhante!”.

Ela treina Horus com uma forma básica diferenciada da língua de sinais ensinada às crianças em seu país. Em cinco anos Horus memorizou 56 comandos, conheceu uma série de truques e ganhou inúmeros prêmios, como o prêmio “Bom Cidadão” no Kennel Club. Rosie, explica: “Um cão surdo não consegue, obviamente, ouvir você, assim você não pode, por exemplo, chamá-lo de volta, por isso eu tinha que treiná-lo com “truques” a cada 20 segundos. Estes truques eram os sinais da Língua de Sinais de meu país”.

Ela disse que Hórus não pode ouvir, mas seus outros sentidos são mais fortes. Ela descreve: “Ele pode me dizer quem está no outro lado da minha cerca do jardim apenas por seu faro e pela sombra. Se eu entrar em uma sala, ele percebe a mudança de luz e se vira para ver quem é.”

Rosie ajuda outros tutores de cães surdos e incentiva os outros a não ignorá-los, pois são animais em potencial. “As pessoas pensam que cães surdos são diferentes e estúpidos e que não podem ser treinados, mas Horus é uma prova de que isso é possível. Ele é um membro da família.”

Veja o vídeo que mostra Horus obedecendo alguns comandos:

Fonte: Por Sinais

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo