Homem é multado por manter animais silvestres e por maltratá-los

           
(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Equipes da Polícia Militar Ambiental (PMA) conseguiram resgatar ao menos 16 animais silvestres que eram mantidas irregularmente em um bar de Cubatão. Debilitados, os animais foram levados para um centro de recuperação em Bauru. O proprietário do estabelecimento não foi preso, mas recebeu um multa superior a R$ 90 mil.

Segundo o tenente da PMA Sandro da Lima, uma denúncia anônima feita pelo telefone 181 culminou na operação que localizou os animais. Foram resgatados sete curiós, quatro filhotes de papagaio, três picharros, um corrupião e um sabiá-laranjeira. Alguns estão na lista de espécies ameaçadas de extinção.

“Levamos o proprietário do bar até a Delegacia Sede de Cubatão. Ele foi indiciado por dois crimes: possuir animais silvestres sem autorização e por maltratá-los”, explicou o tenente. A lei permite que ele responda o processo em liberdade, mas delimita também o valor da multa, cujo pagamento é obrigatório.

Se ele não pagar os R$ 90 mil, calculados com base nas espécies resgatadas, ele se tornará um devedor ao Estado de São Paulo. “As aves estão em Bauru, onde deverão receber tratamento. Se os veterinários decidirem que elas têm condições de voltar à natureza, eles farão”, disse.

Fonte: A Tribuna

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo