‘Cachoeira de caramelo’ mata milhares de peixes em Santa Adélia (SP)

Policiais recolhem peixes mortos (Foto: Marcos Lavezo / G1)
Policiais recolhem peixes mortos (Foto: Marcos Lavezo / G1)

O incêndio em um armazém de açúcar no porto seco de Santa Adélia (SP) causou a morte de milhares de peixes em rios que cortam a cidade. A Cetesb já confirmou a contaminação do rio São Domingos, que corta outros cinco municípios da região. Apesar de o xarope, que se forma com o açúcar queimado, não ser tóxico, ele provoca diminuição no oxigênio e pode haver mortandade de peixe.

Os peixes apareceram mortos a cerca de sete quilômetros do local do acidente. Atingidos pelo melaço, a Polícia Ambiental acredita que há 50 quilômetros de rio. Por enquanto, tanto a Cetesb, quanto a Polícia Ambiental, estão tomando medidas emergências, que abrange a criação de cinco barreiras tapando os bueiros e criando contenções para escoamento do melaço. Pelos próximos 15 dias serão feitos apenas laudos de medição para dimensionar o prejuízo ambiental.

O produto derreteu e formou uma “cachoeira” de caramelo que vazou do galpão e atingiu a cidade, invadindo casas. O incêndio já dura cerca de 80 horas. Uma barreira de terra foi montada em frente às casas para impedir o avanço do líquido. A força do açúcar derretido e a temperatura alta ameaçam derrubar um dos muros do armazém que ajudar a conter o produto.

Fonte: G1

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com