Projeto de Lei propõe microchipagem de animais na Cidade do México

Foto: divulgação
Foto: divulgação

Representantes apresentaram um Projeto de Lei para o desenvolvimento de uma base de dados com o registro de todos os animais, tutelados ou não, que vivam na Cidade do México, na última terça-feira (15). A lei visa beneficiar cães e gatos abandonados e monitorar o nível de abandono de animais nas ruas da cidade.

Atualmente, o México não tem um controle dos animais abandonados. A iniciativa propõe um registro público de animais, que será obrigatório, para responsabilizar aos tutores no caso de abandono. O registro será realizado através da inserção de um chip.

“O chip de identificação dos animais, preferentemente de cães e gatos, permitirá ter os dados do tutor do animal e o registro medico. No caso de abandono, as autoridades terão como acionar o tutor”, diz o texto.

A iniciativa foi apresentada e apoiada por diversas organizações protetoras de animais como Pro Perro, Mundo Patitas, Animal Naturali, entre outras.

Fonte: El Universal

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com