“Cãominhada” reúne mais de 500 cães e mil pessoas em São Luís (MA)

           
(Foto: Lenno Edroaldo/G1)
(Foto: Lenno Edroaldo/G1)

Mais de mil pessoas e 500 cães participaram, neste sábado (21), na Lagoa da Jansen, da 1ª ‘Cãominhada’ de São Luís. Além do passeio com animais, o evento apresentou espaços para adoção de cachorro e feirinhas.

A cãominhada começou às 17h, mas bem antes já era possível notar a presença de curiosos e de pessoas totalmente apaixonadas ‘pelo melhor amigo do homem’. A primeira providência era hidratar todos. “Nessa época do ano faz muito calor e é importante deixá-los hidratados”, explicou a veterinária Vivian Brandão, que há três anos adotou Beethoven. “Ele ficou paraplégico e os antigos tutores o abandonaram. Então eu e meu marido resolvemos adotá-lo. Ele é muito dócil e vai participar de toda a cãominhada sem problemas”, contou.

O mesmo carinho de Vivian foi demonstrado por Ellen Mendonça, tutora de ‘Mel’, uma labrador de quatro anos. “Ela é bem brincalhona e muito atenciosa”, disse a funcionária pública, ao receber um ‘abraço’ de seu animal.

(Foto: Lenno Edroaldo/G1)
(Foto: Lenno Edroaldo/G1)

No percurso de quase dois quilômetros, animais vestidos a caráter, mas principalmente a presença de crianças e adolescentes, acompanhados de seus pais.

Para participar do evento, 500 pessoas inscreveram seus animais, apresentando um quilo de alimento não perecível. “O segmento tem crescido bastante em São Luís nos últimos anos. Então, além de realizarmos essa atividade, também temos um lado social, porque estamos recebendo doações de alimentos para cães e gatos, assim como ajudando pessoas a adotar um animal”, afirmou Iana Carvalho, uma das coordenadoras.

(Foto: Lenno Edroaldo/G1)
(Foto: Lenno Edroaldo/G1)

Presidente da Associação Maranhense em Defesa dos Animais (Amada), Leandro Alvim considerou a ‘cãominhada’ um grande sucesso. “A presença de tanta gente, inscrito ou não, é uma prova disso. Foi uma divulgação tão boa, que as pessoas se anteciparam. Nós tínhamos 19 animais para adoção, mas durante a semana eles nos procuraram e adotaram os animais. Trouxemos seis, mas todo mundo aqui quer adotá-los”, disse.

Mas para a adoção, a entidade considera vários critérios antes de finalizá-la. “Nós incentivamos a adoção responsável. Não é qualquer um que pode adotar. Nós procuramos encontrar tutores que realmente queiram cuidar dos animais”, finalizou.

Fonte: G1

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com