Uberaba (MG) vai regulamentar registro e controle da população animal

           

Calendário para implantação do projeto de chipagem animal em Uberaba (MG) será definido hoje (06) em reunião com técnicos do Centro de Controle de Zoonoses e da Secretaria de Meio Ambiente. O projeto foi lançado na gestão passada, mas não avançou por falta de recursos financeiros.

O secretário municipal de Governo, Wellington Cardoso, explica que lei municipal entrou em vigor em 2010 tornando obrigatórios o registro e o controle da população animal por meio de microchips. No entanto, a legislação ainda não foi regulamentada. A Prefeitura deve publicar decreto para estabelecer como será realizado o processo. O objetivo da reunião é acertar o decreto, definindo a data e a forma para começar a chipagem no município.

Em 2011, a Prefeitura chegou a anunciar a aquisição de 3.500 microchips para começar o projeto. A proposta na época seria começar a implantação com animais pertencentes a pessoas cadastradas no Bolsa Família. Além disso, havia estudo para a ampliação do Centro de Controle de Zoonoses para aumentar a capacidade de realização de cirurgias de castração.

A pauta de hoje também incluirá a castração de animais de pequeno porte. A medida não é obrigatória, mas é utilizada como alternativa para evitar o aumento da população de rua. A estimativa é que existam aproximadamente 12 mil cães e gatos abandonados na cidade.

Fonte: Jornal da Manhã Online

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com