Seis gatos são assassinados vítimas de envenenamento, em Rio Claro (SP)

           
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Nesse final de semana, mais seis gatos foram mortos, supostamente por envenenamento, em Rio Claro, no interior de São Paulo. O tutor dos animais, o militar aposentado José Candido afirma que não faz ideia de quem os esteja matando, mas acredita ser alguém das proximidades. “Doze gatos foram mortos em menos de um mês. Dessas ocorrências, dois morreram em minha casa e os demais foram encontrados em calçadas do quarteirão”, comenta.

A suspeita de envenenamento surgiu porque não há sinais de violência no corpo dos gatos. Candido explica que, na primeira vez, socorreu um gato e o levou ao veterinário. O médico disse que a morte foi por envenenamento, situação que tem se repetido. Como forma de chamar a atenção dos populares, os gatos mortos foram colocados enfileirados em uma esquina. “Quem matou esses animais certamente teve tempo para comprar o veneno e preparar a comida. Que a pessoa se dê ao trabalho de retirá-los da calçada”, reforça.

Até então, o aposentado cuidava de trinta gatos, tendo adotado o primeiro há um ano e meio, uma fêmea, a Mel, que ainda trouxe mais quatro filhotes. Segundo conta, cerca de R$ 1 mil mensal é gasto com a alimentação. Vizinhos e populares confirmaram os cuidados de Candido para com os animais.

CCZ
O Centro de Controle de Zoonoses, por meio da Diretoria Municipal de Comunicação, indica, nessa situação, ao munícipe elaborar Boletim de Ocorrência. A Lei n° 9.605/98, em seu artigo 32, prevê penalidades para quem comete crime contra animais. Esclarece, ainda, que o recolhimento de animais mortos é realizado pela empresa M.B. Engenharia, telefone 9783-7509.

Fonte: JC

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo