Moradores acusam casal de abandonar cachorro, em São Caetano (SP)

           

Perplexos. Assim estão os moradores da Rua Capivari, na Vila Gerty, em São Caetano. Na casa de número 911 vive um cachorro que permaneceu amarrado ao portão nos últimos 20 dias, segundo denúncia dos vizinhos.
Quando a equipe do Diário chegou ao local, rapidamente dezenas de moradores se aproximaram e endossaram a indignação. Alguns trouxeram ração e jogaram pelo portão. O chão da garagem ficou limpo em poucos minutos. Os moradores prometem não deixá-lo sem alimentação enquanto não houver sinal de moradores na casa.
O pote de comida está vazio, a água disponível aparenta estar suja e moradores veem pouca movimentação na residência desde que o casal se mudou para o bairro, há cerca de 20 dias. O cão foi solto pelos tutores na manhã do dia 30, mas o carro da família não estava na garagem e não havia ninguém em casa.
Enquanto esteve preso, o animal fez necessidades fisiológicas em espaço menor que um metro quadrado, conforme os vizinhos. “Quando choveu forte a água invadiu a garagem e eles não fizeram nada. O bicho latia demais. Quem faz isso não tem coração”, critica a dona de casa Maria da Graça Gomes, 56 anos.
Revoltada, a população espalhou bilhetes pela garagem pedindo mais cuidado com o animal. “Perguntei à tutora porque o deixava preso, e ela respondeu que ele é arteiro e destruía tudo. Depois disse que o cachorro era dela e que faria o que quisesse com ele”, conta a estudante Vanessa Nunes, 19. O Diário tentou contato com o Centro de Controle de Zoonoses, mas o local estava fechado por causa do feriado.
Fonte: Diário do Grande ABC

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo