Cão acompanha tutor motoqueiro na estrada

           
Inglês saía no rolê, sentia saudade do cachorro e precisou improvisar solução. Foto: Reprodução/Metro.co.u

Alan Valkeith, de 62 anos, tem duas paixões em sua vida: sua motocicleta e seu cachorro, um são bernardo peludo e gigantesco que – não por acaso – se chama Harley.

Valkeith mora na cidade de Peterborough, na Inglaterra, e sofria cada vez que caía na estrada e precisava deixar o cão em casa.

Depois de muito pensar, Valkeith resolveu o problema em alto estilo. Primeiro, ele comprou um side-car (aqueles carrinhos que você engata ao lado da motoca) grande o bastante para poder levar Harley como passageiro.

Depois, pensando na segurança do cão, mandou fazer um capacete para ele e, também, comprou óculos que protegem os olhos do animal contra os excessos de luz solar. Estes óculos, chamados Doggles, são feitos especialmente para cães.

Ao que parece, Harley gostou da novidade.

– Basta que eu entre na garagem e lá vem ele, todo cheio de vontade de andar de moto. Eu não gosto de deixar um cão em casa – especialmente quando se trata de um são bernardo. Eles precisam ficar em companhia de outras pessoas ou de outros animais, senão eles ficam agoniados.

Quando Harley virou matéria no jornal britânico Metro, seu tutor não achou nada estranho. De acordo com Valkeith, toda vez que eles saem para passear de moto. Alguém pede para tirar uma foto do peludão.

Fonte: R7

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo