Grupo Fauna promove jantar colaborativo durante a Semana Mundial de Ações para a Abolição da Carne, no PR

           

Grupo Fauna
grupofauna@gmail.com

Divulgação

O Grupo Fauna participa pelo segundo ano consecutivo da Semana Mundial de Ações para a Abolição da Carne. Em 2010 a entidade organizou um Lanche Vegano, no Sindicato dos Metalúrgicos de Ponta Grossa (PR), e este optou por organizar um Jantar Colaborativo.

Cada participante leva um prato doce ou salgado que saiba fazer, vegano, ou seja, livre de produtos de origem animal. A proposta é compartilhar receitas e sabores livres de violência contra os animais.

O Jantar Colaborativo ocorrerá no dia 24 de setembro, a partir de 18h, na sede da Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (SINDUEPG). As pessoas interessadas em participar podem confirmar presença enviando email para grupofauna@gmail.com.

Serão vendidos adesivos e camisetas do Grupo Fauna, e todos terão a oportunidade de compartilhar idéias sobre a necessidade de uma dieta livre de produtos de origem animal.

Esta campanha mundial é promovida pelo grupo Meat Abolition, o qual traz em seu site a seguinte justificativa:

Lutar pela abolição da carne é a extensão lógica do vegetarianismo e veganismo. Pessoas que são contra touradas não pedem somente ao público que faça boicote a elas, mas que elas sejam banidas. Pessoas que se opõem ao foie gras não aconselham somente que ninguém compre, mas querem que a alimentação forçada seja extinta. Por que as pessoas que se opõem ao consumo de carne seriam as únicas a não dar aconselhamentos de comportamento pessoal?

A recusa em comer carne pode ser entendida como um boicote político e como a expressão de apoio ao anseio de abolição, similar à campanha pelo fim da escravidão na Grã-Bretanha no final do século XVIII, quando 300 mil pessoas boicotaram a produção de açúcar de plantações baseadas em trabalho escravo.

O movimento pela abolição da carne é um ato político: visa atrair a opinião pública para que venha a aderir à ideia de que a carne deve ser banida. O objetivo é que as sociedades humanas, uma após a outra, decidam banir a produção, comercialização e consumo de carne.

A ideia é dizer alto e em bom tom que não é somente dever de cada indivíduo deixar de apoiar a exploração assassina que o consumo de carne animal e produtos derivados impõem, mas que esse é também o dever das sociedades como um todo.

http://www.meat-abolition.org/pt-pt/chamada

O Grupo Fauna tem promovido o amplo debate sobre a questão, além de oferecer oficinas sobre alimentação vegetariana, demonstrando na prática a infinidade de possibilidades e sabores imersos numa alimentação livre de produtos de origem animal. É signatária da resolução desta campanha:

Resolução

Porque a produção de carne implica que matemos os animais que comemos,

porque numerosos animais sofrem nas condições em que são criados e mortos,

porque o consumo de carne não é uma necessidade,

porque os seres sensíveis não devem ser maltratados ou mortos sem necessidade,

a criação de animais, a pesca e a caça dos animais feitos para obter carne, assim como a venda e o consumo de carne de animais, devem ser abolidos.

Contato: grupofauna@gmail.com

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo