Tailandeses protestam contra a venda de cães como comida

           

Ativistas foram às ruas defender a criação de uma lei para proteger os direitos dos animais

Ativistas pedem criação de lei que proteja os direitos animais e proiba a comercialização de sua carne (AP)

Neste domingo (4), centenas de ativistas sairam às ruas de Bancoc, na Tailândia, para protestar contra a venda de cachorros como comida. Na região, o consumo de carne de cães é tido como normal e faz parte da cultura local. Mas, na contra-mão, protetores dos animais defendem a criação de uma lei que proteja o direito dos animais e proíba a comercialização de cachorros para fins alimentícios.

Neste domingo (4), centenas de ativistas sairam às ruas de Bancoc, na Tailândia, para protestar contra a venda de cachorros como comida (AP)

Em agosto, a polícia tailandesa resgatou milhares de cães que estavam em caminhões e seriam lavados até o Vietnã para serem abatidos e terem sua carne comercializada.

Os traficantes tailandeses recolhem cachorros no interior do país e os levam ao Vietnã, onde recebem até R$ 52 por animal.

Fonte: R7

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo