Políticos sacrificam sete ovelhas no parlamento do Quirguistão para espantar maus espíritos

           
(da Redação)
Foto ilustrativa. Sem crédito
Sob a alegação de que era para acabar com as tensões de um lugar que enfrentou duas revoltas populares, brigas e invasões da polícia, os deputados do Quirguistão decidiram sacrificar sete ovelhas dentro do parlamento do país, informou o jornal inglês “The Guardian”. A cerimônia, que ocorreu na manhã desta quarta-feira (21), teve como objetivo afastar os maus espíritos do prédio.

O porta-voz do parlamento, Shairbek Mamatoktorov, disse que a maioria dos deputados compareceu à cerimônia. “Queremos paz e entendimento tanto no parlamento quanto no resto do país”, afirmou o porta-voz.

Mesmo assim, nem todos os políticos apoiaram a cerimônia. Ondorush Toktonasyrov, líder dos protestos contra Bakiyev, disse que o sacrifício é sinal de um “retrocesso mental” no país.

Nota da Redação:  Clamar por paz com morte, crueldade e violência, com base na superstição, não faz o menor sentido. Enquanto a humanidade não entender que a paz precisa ser vivida em profundidade e dimensão, por todas as formas de vida, não conheceremos o que é viver pacificamente. A carnificina que eles promoveram é abjeta. Parabenizamos os parlamentares que se opuseram ao assassinato dessas pobres sete ovelhas.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo