Criminoso que torturou e matou filhote de cão é procurado pelo mundo

           
Por Danielle Bohnen (da Redação)

Um grupo de pessoas indignadas com as terríveis imagens do “Caso Schnauzi”, o filhote de cão torturado até a morte em Badajoz, Espanha, conforme publicado pela ANDA, se mobilizou a fim de arrecadar fundos para oferecer como recompensa a quem dê qualquer informação que leve à captura e condenação do criminoso ou criminosos que aparecem no vídeo da tortura e morte do inocente.

O fundo, denominado “Fondo 337” conseguiu arrecadar seis mil euros que serão entregues àquele que tiver qualquer informação que leva ao real assassino do filhote. O Blog “Asesino Knino”, onde o vídeo foi publicado, já está fora do ar, mas tinha como endereço “letumcanis”, que significa em latim, “a morte não acaba com todos os cachorros”.

Este era o template usado no blog do assassino, onde o vídeo foi veiculo pela primeira vez

A equipe é formada por pessoas que já levam anos trabalhando em prol da causa animal, investigando e denunciando casos de maus-tratos e crueldade. Conta com especialistas e autoridades no tema de violência contra animais, tendo vínculo com o “Observatorio de Violencia Hacia Animales” e também apoio de advogados e juristas para assessorar na gestão da recompensa.

A equipe mantém contatos com a Guarda Civil, o Seprona e outras forças de segurança a fim de facilitar a colaboração necessária e adequar os trâmites requeridos para administrar a recompensa de maneira responsável e útil.

De acordo com nota disposta no perfil público da equipe, pede-se para que se houver outras iniciativas similares que estejam relacionadas com este caso e também pessoas que desejam colaborar com a recompensa, entrem em contato com a equipe a fim de concentrar as forças em um só lugar, para que o processo seja eficiente.

Segundo agentes da polícia de Badajoz, após uma investigação concluiu-se que o vídeo do torturador de Schnauzi, foi adicionado fora da Espanha. Porém, as declarações do criminoso no vídeo, são ameaças à Badajoz, pois diz que “o cão é o primeiro de uma série de 95 que vão sofrer o mesmo maltrato” e adverte, “cuidado moradores de Badajoz, porque eu vou atrás dos [cães] de vocês assim que se descuidarem”, deixa os espanhóis bastante preocupados.

O fundo de arrecadação da recompensa, tem como finalidade também, impedir que os outros 94 cães ameaçados sejam poupados e que a justiça seja feita. A equipe se compromete a continuar lutando pelos direitos animais, para que casos como este não voltem a repetir e que os maus-tratos contra os animais sejam punidos de maneira séria e efetiva pelas leis espanholas.

Portas que aprecem no vídeo. Imagem divulgada para conseguir informações de reconhecimento

Advertência

As associações que estão apoiando esta causa advertem que não se difundam publicamente possíveis pistas sobre o caso, pois pode destruir provas e atrapalhar as investigações.

Quem tiver alguma informação deve dirigir-se à Guarda Civil de Badajoz e perguntar pelo Seprona. Ou enviar um email a ba-cmd-badajoz-seprona@guardiacivil.org. Se não deseja fazer a denúncia pessoalmente, a informação pode ser enviada para sos@altarriba.org.

Facebook do Fondo 337: http://www.facebook.com/fondo337

Facebook da iniciativa  no Chile: http://www.facebook.com/pages/Chile-contra-el-Asesino-Knino-y-el-Maltrato-Animal/199662970052944?sk=wall

Dogweb, transcrição das falas do vídeo e comentários do blog “Asesino Knino”: http://www.doogweb.es/2011/02/17/asesino-knino-el-blog-del-horror/

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo