Tutora ainda tem esperança de encontrar cão perdido há 2 anos

           

Keila Ostete
keila.ostete@ig.com.br

Comovi uma notícia aqui no site da ANDA que uma pessoa encontrou seu cão depois de 3 anos que o havia perdido, resolvi fazer mais uma tentativa de encontrar meu cachorrinho.

Eu o perdi no dia 12 de dezembro de 2008, na cidade de Santo Anastácio, interior de SP. Hoje moro em Curitiba, mas minha família toda é de lá. Na época espalhei cartaz por toda a cidade, divulguei na rádio, no jornalzinho da cidade, mas não consegui encontrá-lo. Isso por que a cidade é super pequena (21 mil habitantes apenas). Acho que a cidade inteira sabia do sumiço dele, mas ninguém havia visto.

Imagino que alguma pessoa deve ter pego ele. Foram meses procurando e nenhuma notícia. Na época, ele já tinha quase 9 anos, e desde os 4 anos tomava remédio 2 vezes ao dia, pois sofria de epilepsia. Essa é a minha última esperança de de repente encontrar a pessoa que possa o ter pegado, talvez alguém de outra cidade que estivesse lá no interior naquela época e viu o poodlezinho gordinho na rua.

A única coisa que peço é que divulguem. Eu gostaria apenas de saber o que aconteceu com ele. E se ele ainda estiver vivo e bem tratado na casa de alguém que o ame, eu não vou tirá-lo de sua nova família. Só queria mesmo era saber o que aconteceu com ele.

Contato:

Keila Ostete
keila.ostete@ig.com.br
(41) 3524-4964 / (18) 9130-4964

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo