Cidade americana proibirá animais em circos, zoos e venda de cães e gatos

           

Por Vanessa Perez  (da Redação)

Foto: Reprodução/Los Angeles Times

A cidade de Irvine, na Califórnia, EUA, está considerando regras que proíbam a venda de cães e gatos em lojas na cidade, assim como a utilização de animais para entretenimento em circos, e animais em zoos e rodeios que venham para a cidade.

Segundo informações do jornal Los Angeles Times, a lei que visa proteger os animais está sendo elaboradade  e a maioria votou, em um Conselho da Cidade na semana passada, por planos formais para a realização das três portarias de bem-estar animal a serem elaboradas e apresentadas em 120 dias.

“Em geral, Irvine tem mostrado grande interesse no bem-estar animal”, disse o prefeito Sukhee Kang na reunião do Conselho. “O decreto-lei proposto coloca Irvine no mesmo patamar de outras cidades da progressiva execução de portarias para impedir instrumentos e exploração de animais dentro de seus respectivos limites.”

Só um pet shop na cidade, Spectrum Russo Animals em Irvine Spectrum, ainda vende gatos e cães. A loja está autorizada a continuar vendendo os animais até que a concessão se esgote ou por um período ainda a ser determinado caso o Conselho aprove o decreto que proíba a venda de cães e gatos.

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo