Mais de cem baleias agonizam em praia da Nova Zelândia

(Foto: Department of Conservation/Reuters)

Mais de cem baleias-piloto deram ontem à costa da ilha neozelandesa Stewart, das quais apenas 48 ainda estão vivas. Mas em razão de haver poucas esperanças de conseguir devolvê-las ao mar, as autoridades decidiram proceder à eutanásia para evitar “sofrimento prolongado destes animais”.

As 107 baleias, do gênero Globicephala, foram encontradas na Baía Mason por dois turistas. Segundo o Departamento de Conservação da Nova Zelândia (DOC), dois técnicos seguiram de imediato para aquela ilha, a terceira maior do país – com cerca de 400 habitantes -, a 30 quilômetros da ilha do Sul.

“Quando lá chegaram, encontraram as baleias em águas muito pouco profundas, já na praia, com a maré começando a recuar”, explica o DOC em comunicado. Mas a decisão foi eutanasiar os restantes 48 animais.

“Cerca de metade das baleias ainda estavam vivas quando chegámos”, disse Brent Beaven, gestor do programa da biodiversidade no DOC. “Mas rapidamente nos apercebemos de que seriam necessárias dez a doze horas até que conseguíssemos levá-las novamente para o mar. E tendo em conta o tempo quente e seco, muitas delas iriam morrer em breve”, acrescentou.

(Foto: AFP/HO/NZ/Department of Conservation)

“Com apenas cinco pessoas no local e com a maré a recuar, havia poucas esperanças de manter estes animais vivos até que mais equipes de resgate chegassem até aqui para ajudar”, notou Beaven.

Para agravar a situação, foi lançado um alerta de tempestade para aquela pequena ilha, segundo Andy Roberts, gestor da área das Ilhas do Sul. “Estávamos preocupados porque iríamos pôr em risco a vida dos técnicos e voluntários se continuássemos aqui a tentar devolver as baleias ao mar”, comentou. “As condições do mar vão agravar-se muito durante a noite”.

“A eutanásia é uma decisão difícil de tomar mas foi tomada tendo em conta o bem-estar dos animais, para evitar sofrimento prolongado”, acrescentou Roberts. “Infelizmente, 48 baleias terão de ser mortas”.

Nas águas da Nova Zelândia já foram registradas 51 espécies de mamíferos marinhos, entre os quais 42 baleias e golfinhos e nove focas.

Fonte: Ecosfera

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com