Quatorze gatos são mortos por envenenamento em Torres (RS)

           

A Polícia Civil de Torres, no RS, investiga a morte por envenenamento de 14 gatos que eram criados em casa por uma idosa, no bairro São Francisco. O principal suspeito de ter cometido o crime é um vizinho da mulher, que, incomodado com a presença dos animais, já teria a ameaçado com uma espingarda. A delegada que investiga o caso já expediu mandado de busca e apreensão na residência do suspeito.

O caso se complica porque os animais não podem ser enterrados em qualquer lugar devido ao perigo de contaminação do lençol freático. Ontem, os gatos ficaram expostos defronte a uma escola de Torres, no meio de poças de água e com crianças por perto.

“A estrecnina – veneno usado para matar os gatos – é um contaminador de lençol freático, que em Torres é superficial”, explicou Taís. Os animais estão sendo mantidos acondicionados na residência da mulher, enquanto se busca um destino apropriado.

Fonte: Gaz

Comente

Comunicar erro

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo