Cão atropelado fica 4 horas no chão do quartel dos bombeiros esperando atendimento

           


Cão ficou junto à maca. (Foto: Reprodução)

Um cão atropelado ficou no chão do quartel dos bombeiros de Faro, em Portugal, durante 4 horas, enquanto esperava que o colocassem noutro local.

O cão labrador foi levado na madrugada de quinta-feira, 10 de fevereiro, pela veterinária municipal, para o quartel do Serviço de Proteção Civil e Bombeiros de Faro, após ter sido atropelado. O cão foi sedado e colocado num lugar sem condições para tratamento de animais, junto de uma maca. Apenas às 8h é que foi transferido para o canil de S. Francisco de Assis, em Loulé, que tem um protocolo com a Câmara de Faro por falta de canil na capital algarvia.

“Foi um caso pontual, mas reconhecemos que é crítico e que não é a situação ideal, por causa disso temos apoiado várias associações do concelho que ajudam animais”, explicou fonte da autarquia, acrescentando que se prevê a construção de um canil “a partir do próximo ano”.

Fonte: CM Jornal

Nota da Redação: Inaceitável, principalmente tratando-se de uma corporação cuja essência do trabalho é salvar vidas.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo