Autoridades de Cubatão (SP) tratam cotias de forma indigna ao transferi-las de parque para minizoo

           

Moésio Rebouças
moesioreboucas@yahoo.com.br

O descaso com os animais é gritante!

As autoridades, neste caso a prefeita de Cubatão, Marcia Rosa, o secretário municipal de Meio Ambiente, José Roberto Baldini e a chefe do Ibama Baixada Santista, Ingrid Furlan, não podem tratar os animais dessa forma tão vergonhosa, humilhante e indigna.

Dias atrás acabou a “remoção” de dezenas de cotias do Parque Anilinas para um recinto de alguns poucos metros quadrados instalado no minizoológico do Parque Ecológico Cotia-Pará, em Cubatão (SP) (Leia mais aqui). Provavelmente algumas cotias ficaram para trás ou morreram, pois a prefeita Marcia Rosa exigiu (depois de uma pesquisa do “IPAT-Instituto de Pesquisa de A Tribuna” onde seu governo era reprovado por mais da metade da população cubatense) que os animais saíssem de lá rapidamente para o início das obras de reforma do Parque Anilinas.

A “retirada” das cotias foi realizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente com “acompanhamento” do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis).

O novo local (com aval do Ibama) para onde as cotias foram “transferidas” é deprimente. O lugar foi feito às pressas e com o “famoso jeitinho brasileiro”: é reduzido, o terreno é cheio de pedras, não tem árvores, a casinha que construíram para as cotias se protegerem das intempéries do tempo são de blocos e com telhados “eternit” (provavelmente feitos com fibras cancerígenas, com amianto), que em dias de calor deve “ferver”. Um ambiente artificial totalmente diferente de onde os animais viviam, que ficava num espaço arborizado, gramado, de 54 mil m².

As imagens, captadas no dia 29 de janeiro, mostram confinamento onde as cotias estão sobrevivendo. Tudo muito triste!

Lamentável também a cobertura do jornal A Tribuna (o maior da Baixada Santista) sobre a “remoção” das cotias. Se quer ouviram algum ambientalista sério e muito menos foram conhecer o local para onde os animais foram transferidos. Só basearam seus escritos em informações das “autoridades”. Péssimo jornalismo! Péssimo jornalismo ambiental!

Será que mais uma vez vamos fechar os olhos diante do sofrimento de seres que estão sendo violados em seus direitos fundamentais à vida, à liberdade e ao bem-estar?

Endereços “úteis”:

• Marcia Rosa, Prefeita de Cubatão: prefeitacubatao@ig.com.br

• José Roberto Baldini, Secretário Municipal de Meio Ambiente: r_baldini@hotmail.com

• Ingrid Furlan, Chefe do Ibama Baixada Santista: ingfurlan@gmail.com

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo