Cabeças e mãos de chimpanzés são apreendidas no Gabão

           

Por Camila Arvoredo  (da Redação)

Segundo a WWF, esta é a maior apreensão já vista em dez anos.

Crânios de chimpanzé na Costa do Marfim. (Foto: AFP PHOTO/ KAMBOU SIA)

O tráfico de espécies selvagens ameaçadas continua a fazer vítimas nas grandes florestas africanas. O jornal francês “20minutes” reportou a prisão de cinco pessoas no Gabão, depois de apreenderam doze cabeças e trinta mãos de chimpanzés. Peles de leopardos, leões e de serpentes, assim como cinco caldas de elefantes também fazem parte do conteúdo apreendido, interceptado pelas autoridades gabonesas.

“A coleção impressionante de espécies protegidas que foram encontradas é preocupante”, comentou David Greer, responsável pela sessão de grandes macacos da WWF. “Pelo meu conhecimento, não houve uma apreensão tão grande na África Central há mais de dez anos.”

O tráfico pode ser impedido se a lei for reforçada

Caçados por sua carne ou pelo uso de seus membros na medicina tradicional e na magia negra, os grandes macacos da África são uma espécie em vias de extinção. Segundo a WWF, os traficantes presos devem comparecer perante um tribunal nesta semana.

“O problema do tráfico não se restringe somente ao Gabão, ele existe em toda a África Central e Oeste. Mas as prisões mostram que nós podemos prender os traficantes, graças ao fortalecimento da legislação”, declarou Luc Mathot, da ONG “Conservation Justice”.

Nota da Redação: O consumo de carne  e de peles de animais, de quaisquer espécies, deve ser banido. A WWF é mundialmente conhecida por proteger ecossistemas e animais em extinção, mas, infelizmente, nunca promove o vegetarianismo e é a favor da caça e pesca “sustentáveis”.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação
               

Veja Também

ir para o topo