Filhote de peixe-boi é resgatado às margens do rio Negro

           
A filhotinha foi resgatada sem ferimentos. Foto: Divulgação - Batalhão Ambiental

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa) recebeu nesta segunda-feira (3) um filhote de peixe-boi, resgatado às margens do rio Negro. O animal foi encontrado por catraieiros nas proximidades do Porto das Balsas, Distrito de Cacau-Pirêra, município de Iranduba. O mamífero estava encalhado e deve ser órfão.

Segundo o catraieiro Elias de Lima, que encontrou o peixe-boi, o animal estava encalhado em uma praia. A fêmea tem idade estimada em no máximo um mês. O animal foi resgatado por policiais do Batalhão Ambiental e trazido de carro para a Associação dos Amigos do Peixe-Boi (AMPA).

Ela mede 87 cm de comprimento e pesa 11 quilo. Foto: Divulgação - Batalhão Ambiental

A fêmea mede 87 cm de comprimento e pesa 11 quilos. Segundo os biólogos, o tamanho e a pele aveludada indicam que ela é quase uma recém-nascida. O animal está saudável e não tem arranhões. O peixe-boi vai se alimentar de leite enriquecido com outros nutrientes, em uma mistura desenvolvida pelo Instituto. Ele deve ficar em cativeiro por cinco anos.

As redes de pesca são responsáveis por muitas mortes de peixes-boi. Foto: Divulgação - Batalhão Ambiental

No ano passado, 13 peixes-bois foram resgatados e entregues ao Inpa. Atualmente, 49 animais são mantidos nos tanques do Inpa. A bióloga do Ampa, Isabel Reis, orienta que resgatar animais silvestres, como o peixe-boi, é uma ação a ser tomada apenas em casos de risco ou ferimento.

Fonte: Portal Amazônia

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo