Laudo sobre a causa da morte de peixes no rio dos Sinos chega ao MP

Os dados parciais apontam que a falta de oxigenação na água tem causa provável no lançamento de esgoto doméstico e ou industrial.

(Foto: Reprodução / Portal São Leo)

Os resultados parciais das análises feitas em peixes do Rio dos Sinos (RS), após a mortandade ocorrida no início de dezembro chegaram ao Ministério Público nesta terça-feira, 21.

De acordo com laudo, os animais morreram de insuficiência cardiorrespiratória causada pela falta de oxigenação da água, que pode ter sido ocasionada pelo esgoto doméstico e ou industrial, associada à degeneração hepática por lançamentos inorgânicos.

As análises foram realizadas por laboratório contratado pelo MP. A presença de outras substâncias que podem ter causado a morte dos animais ainda está sendo examinada em amostras da água do Rio.

Os demais laudos são aguardados pela Promotoria Regional de Defesa do Meio Ambiente, ainda sem prazo definido. Após a conclusão de todos os resultados será feita uma análise técnica e comparação de dados.

Fonte: Novohamburgo.org

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com