Acadêmica da Estácio de Sá faz análise inédita sobre como a televisão divulga os assuntos relacionados aos animais

           

(da Redação)

O estudo tem como alicerce as doutrinas dos filósofos
sobre televisão e a teoria abolicionista animal

Embora os animais possuam um lugar especial na vida das pessoas, os assuntos relacionados a eles ainda são marginalizados por grande parte da sociedade. O conforto e o bem-estar dos bichos estão relacionados ao que os humanos consideram importante para a própria raça e transferem estas necessidades aos animais. A televisão como grande formadora de opinião ajuda na formação destas ideias relacionadas aos não humanos.

Pensando nisso, a acadêmica Josiele Souza realizou um estudo científico onde analisa como a televisão reforça a ideia de que os animais são objetos. O Trabalho de Conclusão de Curso avaliou alguns vídeos que possuem caráter informativo e de entretenimento das duas emissoras que possuem maior audiência na Grande Florianópolis e no país (RIC/SC – Rede Record e RBS TV/SC – Rede Globo).

Na revisão de literatura são apresentados os conceitos sobre televisão e os animais que auxiliam na análise feita realizada no capítulo quatro. Após a teoria, foram escolhidos vídeos que ilustram o problema apresentado. A conclusão foi possível a partir de pesquisas realizadas pela aluna, além da técnica de observação.

A monografia tem como base as ideias defendidas por Joan Ferrés, Ciro Marcondes Filho, Muniz Sodré, Arlindo Machado, entre outros estudiosos da televisão que dentre muitos argumentos afirmam que a televisão não cria os comportamentos da sociedade, mas reflete o que já existe.

Temas relacionados aos animais têm como principais fontes de pesquisa as teorias de Tom Reagan e Gary Francione. Este último tem ganhado destaque no cenário mundial como defensor da liberdade dos animais em qualquer tipo de atividade que seja para servir aos humanos (animais para entretenimento, para alimentação, entre outras formas de exploração.).

O TCC teve orientação de conteúdo da Doutora Lúcia Correa Marques de Miranda Moreira. A banca será realizada no dia 10 de dezembro às 21h na Faculdade Estácio de Sá, em Barreiros, 3° andar, na sala de rádio.

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo