População foge de ilha da Coreia do Sul que sofreu bombardeios e deixa para trás cães feridos

(da Redação)

Várias celebridades sul-coreanas se reuniram para ajudar os cães que foram abandonados na ilha Yeonpyeong, após os ataques da Coreia do Norte, segundo informou o site Koreaboo.

Cão é cuidado por voluntário, enquanto outro observa. Foto: Reprodução Koreaboo

Depois dos atentados, os poucos moradores da ilha fugiram em busca de segurança para o continente. No entanto, devido a problemas de dinheiro e moradia, eles tiveram que deixar seus cães para trás. A maioria dos cães estão feridos, e o governo não vai ajudá-los porque alegam que não têm dinheiro para gastar no tratamento dos cachorros.

Filhotinho ferido nos bombardeios recebe assistência médica. Foto: reprodução Koreaboo

Porque os cães foram deixados sozinhos, sem comida, sem água, houve um caso de um grande cão que atacou um cão menor. Quando os trabalhadores chegaram à ilha na tentativa de ajudar os cães, o menor cão um ferimento muito grave na barriga. Sem a medicação e estrturas adequadas para ajudá-lo, o cão foi eutanasiado. O pior é que ainda faltava a droga  para colocá-lo para dormir e um trabalhador teve de sufocá-la até a morte.

Policial sul-coreano checa cão em mochila, abandonada quando os moradores de Yeonpyeong foram evacuados após o ataque da Coreia do Norte. Ativistas sul-coreanos pediram que os policiais resgatem as centenas de cães abandonadas. Foto: Kim Jae-Hwa/AFP

Muitas celebridades, incluindo Soyeon T-ara e Youngwook Ir, tuitaram em um grito para ajudar esses cães. Soyeon pediu para que fosse feita uma petição para que o governo resgate e ajude esses animais, e Go Youngwook pediu doações para a causa.

Coluna de fumaça é vista na ilha sul-coreana de Yeonpyeong na disputada região do Mar Amarelo, num ataque da Coreia do Norte com fogo de artilharia contra a ilha da Coreia do Sul. Animais morreram e muitos estão feridos. Foto: Yonhap/Reuters

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com