Gato colocado em forno quente sobrevive nos EUA

Foto: Reprodução/KTLA

Um adolescente dos EUA pode ser acusado de maus-tratos contra os animais depois que colocou um gato em um forno quente e disse que o animal havia se machucado na rua. A informação foi divulgada pelo site de notícias KTLA.

Charles Garnett disse em entrevista que seu gato Tigger ainda anda, mas com dificuldade pelas patas queimadas. Segundo ele, no sábado passado ele levou o animal para a casa da namorada, que tem um filho de 18 anos.

A reportagem cita Garnett dizendo que deixou o gato sob os cuidados do menino enquanto saiu com a namorada. Quando voltou, ele encontrou o animal machucado. “Ela achou pelo de gato no forno e descobriu que suas patas estavam queimadas. Assim percebi que ele tinha sido colocado no forno”, disse Garnett.

O adolescente não admitiu ter torturado o gato, mas afirmou que o animal fugiu e que foi encontrado já machucado. A polícia não aceitou a explicação e pode acusar o menino de maus-tratos.

O gato está sob cuidados de veterinários.

Fonte: G1

Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo
Social Media Auto Publish Powered By : XYZScripts.com