Alemanha se prepara para construir maior matadouro da Europa

Por Giovanna Chinellato  (da Redação)

O Trading Standards Office de Luneburg, Alemanha, determinou o início da construção de um matadouro massivo de aves em Wietze. Mais de 2,5 milhões de galinhas serão mortas toda semana, será o maior abatedouro da Europa.

Membros da sociedade têm se oposto ao abatedouro, e a PETA Alemanha está lutando no patamar político. Ativistas pelos animais e ecologistas têm ocupado o local das obras para convencer o prefeito de Wietze e o administrador do distrito a reconsiderarem sua decisão.

Gaiola de criação intensiva de galinhas. Foto: sem crédito

O matadouro de Wietze e suas 450 fazendas fornecedoras são sinônimo de inferno na Terra para milhões de milhões de galinhas. Elas são criadas pela carne e recebem drogas e hormônios de crescimento para ficarem gordas e grandes rapidamente, sendo que sequer conseguem acompanhar o ritmo do próprio corpo. São mortas cinco semanas depois do nascimento. Os ossos do animal, seu coração e pulmões não crescem no mesmo ritmo que a carne. Métodos assim em áreas de confino extremo levam à sérias doenças, ferimentos e problemas mentais. Na Alemanha apenas, 12 milhões de galinhas morrem todos os anos antes de chegar ao matadouro.

Assine a petição pelo fim da construção do matadouro em Wietze aqui.


Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo