Cadela alérgica perdida corre risco de agressão nas ruas de São Paulo

           

Leonor Montalbano
almaseresvivos2000@yahoo.com

Estamos a procura de nossa Ninoska. Ela é uma cadela de porte pequeno (aprox. 11 Kg). Idade 6 anos. Castrada. Extremamente carinhosa. Sofre de uma alergia permanente.

Sumiu no sábado (04/9) do terreno onde abrigamos nossos resgatados da rua. Uma dos tantos seres que nunca conseguiram um lar. Ela foi resgatada ainda bebê junto com sua irmã, nas ruas de Morumbi. Foi para um hotel até que, em 2004, aluguei o terreno onde, até hoje, meus resgatados moram. Jamais saiu desse lugar.

(Esta etapa final para sair do inferno desse terreno está sendo muito desgastante. Infelizmente, poucas pessoas conhecem de perto o trabalho estenuante que é meu dia a dia. A elas, meu eterno agradecimento).


Ninoska a cachorrinha perdida de lacinho (Foto: Por Divulgação)


A Ninoska é alérgica e, apesar dos muitos cuidados que lhe são administrados, o problema não se resolve. É muito carente e se aferra com força, com suas mãozinhas, fecha os olhinhos e chora pedindo carinho. Com o aspecto de sua pele, poucas pessoas serão capazes de não agredí-la.

Rogo encarecidamente a qualquer pessoa que more nas redondezas de:

Paraisópolis,
Panamby,
Colégio Vizconde de Porto seguro (Panamby),
Parque Burle Max,
Ponte João Dias,
Av Giovanni Gronchi (Shopping Center Jardim Sul),
Av. Luiz Migliano,
Av. Guilherme Dumont Vilares,
Av. Ramon Urtiza,
Av. Susumo Hirata,
Rua. Itapaiuna,
Portal Da Cidade,
Vila Andrade,
Vila Suzana,
Vila Sônia;

Se avistarem uma cadela com as características das fotos, ligar para:

Leonor: (11) 8912-0498.
Salete:  (11) 7567-2927.


Pescoço de Ninoska, com sua alergia incurável (Foto: Por Divulgação)


Comente

Obrigado por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta.

Faça uma doação

Você Viu?

ir para o topo